As perspectivas do circuito de festivais no Brasil e no exterior

Data e Hora do Evento:

13 de dezembro, de 16h às 18h No Zoom (sem inscrição prévia)

RELEASE

Importante vitrine para o cinema brasileiro, os festivais foram diretamente afetados pela pandemia de Covid-19 – resultando em iniciativas com formatos alternativos e híbridos. O que essas experiências mostraram e o que elas dizem do futuro do nosso cinema, no Brasil e no exterior? Tem para debate com a participação de Claudia Dutra (Circuito Inffinito de Festivais), Luiza Lins (Mostra de Cinema Infantil), Zita Carvalhosa (Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo), Josiane Osório (Lobo Fest), Maria Abdalla (Goiânia Mostra Curtas) e Aleques Eiterer (Primeiro Plano – Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades). Mediação por Marilha Naccari (Florianópolis Audiovisual Mercosul).

Marilha Naccari

Professora de cinema na Unisul, participou da curadoria e do júri de festivais no Brasil e no exterior. Diretora de programação do FAM – Florianópolis Audiovisual Mercosul, presidente da Cinemateca Catarinense, diretora do Congresso Brasileiro de Cinema e Diretora do Fórum dos Festivais.

Cláudia Dutra

Sócia do Grupo Inffinito. Produtora de eventos de cinema, como Circuito Inffinito de Festivais e Cine Pedal Brasil. Assina a produção executiva de séries e filmes, como Fumando espero e Quanto Tempo o Tempo Tem. Fundadora da plataforma Mulheres Mix e também da plataforma www.inff.online.

Luiza Lins

Idealizadora da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis e do canal de YouTube Mostra de Cinema Infantil, com curtas-metragens brasileiros exibidos ao longo de 20 anos no festival. Realizou curtas-metragens infantis e atuou como curadora de filmes para eventos brasileiros e internacionais.

Zita Carvalhosa

Fundadora e diretora do Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo – Curta Kinoforum. É coordenadora de projetos da Kinoforum, que promove atividades ligadas à difusão do audiovisual brasileiro. Sócia da Superfilmes, empresa produtora de longas e curtas-metragens, documentários e séries para TV.

Josiane Osório

Cineasta e pesquisadora nas áreas de memória e audiovisual. Idealizadora dos festivais brasilienses Lobo Fest e O Anjo Exterminador. Sua dissertação de mestrado se transformou no livro Esse negócio de cinema. Parte da diretoria do Fórum Nacional dos Festivais e uma das fundadoras do Fórum Distrital dos Festivais de Cinema do DF.

Maria Abdalla

É diretora do Icumam Cultural e Instituto. Produtora cultural de projetos que promovem a formação profissional e o desenvolvimento da cultura e do audiovisual no Centro-Oeste, como Goiânia Mostra Curtas, Icumam Lab, Circuito Cinema Popular e Curso de Formação Profissional para Cinema.

Aleques Eiterer

Cineasta, realizou, entre outros, os filmes Abismo (2011), Araca – O Samba em pessoa (2014) e Um pouco a mais (2015). Organiza o CineclubeLGBT+ e é também coordenador geral do Festival Brasileiro de Cinema Universitário e do Primeiro Plano – Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades.

NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail em nossa newsletter e fique por dentro das novidades do Festival.