Cinema Híbrido

Data e Hora do Evento:

11 de dezembro, de 10h às 12h No Zoom (sem inscrição prévia)

RELEASE

Em documentários como Torre das donzelas (2018) e Legítima defesa (2017), a cineasta Susanna Lira aplica às narrativas dos filmes recursos do cinema de ficção e do teatro, resultando em um cinema de caráter híbrido. Em conversa com Silvio Tendler, a diretora aborda essas escolhas conceituais.

Susanna Lira

Cineasta, realizou filmes como Torre das donzelas e Mussum – Um filme do cacildis. Também dirigiu as séries Não foi minha culpa, Nós, documentaristas, Superbonita e Mulheres em luta, entre outras. Nos últimos três anos foi homenageada com mostras retrospectivas de sua obra nos seguintes festivais na Argentina, Uruguai e Chile.

Silvio Tendler

Em 50 anos de carreira, Silvio Tendler lançou mais de 80 longas, médias e curtas-metragens com forte viés histórico, social e político. Acumula as três maiores bilheterias do cinema documentário brasileiro e foi premiado em importantes festivais nacionais e internacionais.

NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail em nossa newsletter e fique por dentro das novidades do Festival.