O olhar feminino: estéticas, distopias e hibridações no cinema brasileiro feito por mulheres

Data e Hora do Evento:

8 de dezembro, de 14h às 16h No Zoom (sem inscrição prévia)

RELEASE

Entre formatos consagrados e rupturas, deslocamentos e novos olhares, uma discussão sobre o futuro do cinema no Brasil, e o cinema do futuro, enfatizando o trabalho autoral de cineastas mulheres que estão apostando em novos caminhos para a produção audiovisual no País em meio a um contexto pandêmico. Com Luiza Lusvarghi, Lilian Solá Santiago, Karla Bessa e Edileuza Penha.

Luiza Lusvargh

Formada em Letras e Jornalismo, com pós-doutorado pela UFPE, ECA USP e ESPM SP. Autora de O crime como gênero na ficção audiovisual da América Latina (2018) e coautora e coorganizadora da coletânea Mulheres atrás das câmeras – As cineastas brasileiras de 1930 a 2018 (2019).

Edileuza Penha de Souza

Professora, documentarista e pesquisadora. Pós-doutora em Comunicação e doutora em Educação pela Universidade de Brasília (UnB). Idealizadora e organizadora da Mostra Competitiva de Cinema Negro – Adelia Sampaio. Diretora de curtas como Filhas de lavadeiras (2020).

Lilian Solá Santiago

Documentarista, pesquisadora e professora de audiovisual. Ganhadora do Prêmio Willian Greaves Fund 2021. Integrante do Grupo de Pesquisa LabArteMídia da Universidade de São Paulo, onde é doutoranda. É coordenadora do Curso de Cinema do CEUNSP (Salto/SP).

Karla Bessa

Pesquisadora e atual coordenadora do Núcleo de Estudos de Gênero Pagu e Professora da Pós-graduação em Multimeios/IA e Ciências Sociais da Universidade Estadual de Campinas/IFCH. Participa da curadoria do Curta o Gênero de Fortaleza e coordena o Projeto de Extensão CinePagu (Unicamp).

NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail em nossa newsletter e fique por dentro das novidades do Festival.