Festival de Brasília começa nesta terça (7)

Tem início nesta terça-feira, dia 7 de dezembro, a 54ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. Apresentada diretamente do Cine Brasília pela atriz e apresentadora Maria Paula Fidalgo, a Cerimônia de Abertura do festival é transmitida às 20h na plataforma InnSaei.TV, onde encontram-se gratuitamente os 63 títulos programados pelo festival até o dia 14 de dezembro.

Maria Paula no Cine Brasília (2021). Foto: Paulo Cavera

Realizada virtualmente, tal como toda a programação do evento, a Cerimônia tem entre seus participantes, o Secretário de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal, Bartolomeu Rodrigues, os curadores Silvio Tendler e Tania Montoro, a cineasta e gestora cultural Olga Futemma – que recebe a medalha Paulo Emílio Salles Gomes, concedida a grandes contribuintes da memória e pensamento do cinema nacional – e da diretora do filme de abertura, Ana Maria Magalhães.

Magalhães apresenta Já que Ninguém me Tira pra Dançar (doc, 91 min, 2021, RJ), documentário realizado em homenagem à sua amiga pessoal Leila Diniz, que fica disponíveis até o fim do festival. Também às 20h, uma série de filmes estreiam na InnSaei.TV nesta terça, restando disponíveis até o dia 14 de dezembro. São eles: os nove títulos exibidos pela Mostra Sessentinha, que celebra o melhor da filmografia brasiliense, os dois programas de curtas do Festivalzinho (programação para crianças e adolescentes) e Catadores de História (doc, 75 min, 2016, DF), filme que abre a mostra Brasília, homenageando Tânia Quaresma.

A Mostra Competitiva também tem início nesta terça, mais tarde, às 22h30. Os curtas Ocupagem (Joel Pizzini, doc, 12 min, 2021, SP) e Terra Nova (Diego Bauer (fic, 22 min, 2021, AM) estão disponíveis até às 22h30 da quarta-feira, dia 8 de dezembro. Às 23h30, o longa Alice dos Anjos (Daniel Leite Almeida, fic, 76 min, 2021, BA) é exibido no Canal Brasil e na madrugada de 8 de dezembro, estreia na InnSaei, ficando disponível até às 22h29 do mesmo dia 8. Na manhã de quarta (8), às 10h, acompanhamos o debate do filme de abertura, sob a mediação de Denise Lopes.

A programação completa do Festival de Brasília pode ser encontrada aqui. O usuário salva todos os eventos em sua agenda pessoal no Google e acessa diretamente os filmes na InnSaei. Programe-se!

 

Festival de Brasília exibe filme inédito sobre Leila Diniz em sua abertura

Entre 7 e 14 de dezembro de 2021, os entusiastas do cinema nacional têm encontro virtual marcado na 54ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. Em função da pandemia de Covid-19, todas as atividades apresentadas acontecem virtualmente, contemplando a exibição dos 63 filmes programados na plataforma de streaming InnSaei.TV, sendo os longas da mostra competitiva nacional apresentados também no Canal Brasil.

Com cerimônia de abertura transmitida pela InnSaei, a homenageada da noite é Leila Diniz, frequentadora ilustre do Festival de Brasília em seus primeiros anos. Apresenta-se Já que Ninguém me Tira pra Dançar de Ana Maria Magalhães (91 min, 2021, RJ), documentário realizado a partir de restaurações de entrevistas concedidas por Leila (1945-72). Nesta noite, a cineasta e gestora cultural Olga Futemma recebe a medalha Paulo Emílio Salles Gomes, concedida a grandes contribuintes da memória e pensamento do cinema nacional.

No encerramento do festival, além da divulgação dos vencedores das Mostras Competitiva e Brasília (filmes já divulgados, veja aqui), apresenta-se Abdzé Wede’ÕVírus não tem cura? (55 min, 2021, MT), obra de Divino Xavante que denuncia os impactos do Coronavírus na vida dos povos Xavante. Durante a cerimônia de premiação, homenageia-se a atriz Léa Garcia (88 anos), que ganha Candango Especial pelo Conjunto da Obra.

O Festival de Brasília do Cinema Brasileiro é realizado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF em parceria com a Associação Amigos do Futuro e apoio do Canal Brasil, InnSaei.TV, Naymovie e CiaRio.