Conheça a programação desta quarta (8 de dezembro) no Festival de Brasília

Mostra Brasília
A quarta (8) é marcada pela estreia da Mostra Brasília 2021. Os curtas candangos Tinhosa (Rafael Cardim Bernardes, fic, 17 min, 2021, DF) e Tempo de Derruba (Gabriela Daldegan, doc, 30 min, 2021, DF), e o longa O Mestre da Cena (João Inácio, doc, 74 min, 2019,DF) ganham as telas a partir das 20h (permanecendo disponíveis até às 19h59 do dia 10 de dezembro). 


Foto de Tinhosa

Mostra Competitiva 
Desde 01h30 (e até 23h29) o filme Alice dos Anjos (Daniel Leite Almeida, fic, 76 min, 2021, BA) está disponível na InnSaei.TV (aguardando seu voto, inclusive!). Os curtas Filhos da Periferia (Arthur Gonzaga, fic, 16 min, 2021, DF) e Chão de Fábrica (Nina Kopko, fic, 24 min, 2021, SP) estreiam na InnSaei.TV às 22h30, e são exibidos até às 22h30 do dia seguinte.


Foto de Filhos da Periferia

Lavra
Às 23h30 desta quarta (8) é a vez de Lavra, longa mineiro de Lucas Bambozzi (fic, 97 min, 2021) estrear no Canal Brasil. Mais tarde, à 01h30 do dia 9 (quinta), Lavra estreia na InnSaei, ficando em cartaz até 23h30. O filme expõe as feridas da devastação ambiental percorrendo os caminhos da lama tóxica e criminosa que devasta cidades inteiras.

Memória e Linguagens
A mostra Memória e Linguagens é composta por quatro longas-metragens que investigam a cultura brasileira por meio de personagens, situações, criações artísticas e da própria formatação da identidade nacional. Os Ossos da Saudade (Marcos Pimentel, 107 min, 2021, MG), Procura-se Meteorango Kid: vivo ou morto (Marcel Gonnet e Daniel Fróes, 99 min, 2022 – previsão, BA), Rolê – Histórias dos Rolezinhos (Vladimir Seixas, 82 min, 2021, RJ, foto) e Samba Riachão (Jorge Alfredo, 86 min, 2001, Bahia) são os títulos exibidos.

Imagem do filme Procura-se Meteorango Kid: vivo ou morto

Assista ao trailer do longa Rolê – Histórias dos Rolezinhos:

Masterclasses e Ambiente de mercado
Às 14h, o presidente da Cinemateca Francesa Costa-Gavras ministra a masterclass O desafio da memória, com mediação de Jorge Duran (acesse). No ambiente de mercado, às 16h30 a mesa Cinema industrial em um universo multifacetado reúne Luiz Noronha, Mayra Lucas, Iafa Britz, Viviane Ferreira, Marcus Ligocki e Ana Paula Sousa (acesse).


Costa-Gavras

Debates, atividades formativas e painéis setoriais
Às 10h, o filme de abertura ganha debate mediado por Denise Lopes (acesse). Também às 10, os Seminários e Painéis Setoriais iniciam sua jornada com um encontro da Conexão Audiovisual Norte, Nordeste e Centro-Oeste – CONNE, com Clemilson Farias, Marcus Ligocki, Pedro Novaes e Cibele Amaral  (acesse). Às 14h é a vez do painel O olhar feminino: estéticas, distopias e hibridações no cinema brasileiro feito por mulheres com Luiza Lusvarghi, Lilian Solá Santiago, Karla Bessa e Edileuza Penha (acesse).


Cibele Amaral

Saiba como acompanhar a programação

>>> Todos os estão filmes disponíveis na InnSaei.TV (longas das mostra competitiva também no Canal Brasil)

>>> Debates, Ambiente de Mercado, Masterclasses, Seminários e Painéis Setoriais no Zoom, sem inscrição prévia, com links de acesso na aba programação aqui do site.

>>> Programe-se com antecedência e ative os lembretes do site do festival diretamente em sua agenda digital favorita.

Conheça a programação de masterclasses, debates, ambiente de mercado, seminários e painéis setoriais do Festival de Brasília

Além dos filmes, o Festival de Brasília programa masterclasses, seminários e painéis setoriais, atividades voltadas ao mercado, oficinas e os clássicos e acalorados debates, todos realizados na plataforma Zoom sem inscrição prévia (com exceção das oficinas).

As masterclasses gratuitas contam com as presenças ilustres de Ruy Guerra (foto acima), Helena Solberg, Amos Gitai e Costa-Gavras. As atividades de mercado, debatem cinema industrial, games, realidade virtual, circuitos de festivais e as perspectivas do audiovisual para um futuro próximo. Entre os convidados estão Christiane Jatahy, Daniela Thomas, Viviane Ferreira (foto abaixo), Eliane Russi, Pedro Butcher, Maya Da-Rin e Ilda Santiago, responsável pela articulação destas atividades. 

Nos seminários e painéis setoriais, serão debatidas narrativas femininas, periféricas, indígenas e quilombolas, o futuro dos cineclubes, hibridismos no cinema, cinema e educação. Entre outros temas, celebra-se também o centenário do cineasta francês Chris Marker. Fernando Gabeira (foto abaixo), Cibele Amaral, Robert Grelier, Susanna Lira, Vladimir Carvalho e  Paula Saldanha são alguns dos confirmados.

Nos debates, além da oportunidade de reflexão sobre todos os filmes exibidos, realiza-se outra homenagem, agora ao documentarista chinês naturalizado britânico Adrian Cowell. E nas oficinas, com inscrições encerradas em 21 de novembro, os inscritos participam de atividades ferramentais sobre produção colaborativa, games, animação, roteiro, finalização e produção de web-documentários. Entre os convidados estão Kevin MacDonald, Liana Brazil, Cavi Borges, Felipe F. Costa, Adriana Mota e Fabiano, o Silva.

O Festival de Brasília do Cinema Brasileiro é realizado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF em parceria com a Associação Amigos do Futuro e apoio do Canal Brasil, InnSaei.TV, Naymovie e CiaRio. 

NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail em nossa newsletter e fique por dentro das novidades do Festival.