Vem ver a programação desta quinta (9) no Festival de Brasília

Foto do filme Acaso

Embora esta edição do Festival de Brasília seja realizada virtualmente, tem sido gratificante sentir o calor dos encontros proporcionados pelo festival, mesmo através das telas. A programação desta quinta(9) une passado e futuro, bebe na tradição e projeta o novo do cinema nacional. Confira agora o que a quinta-feira te reserva no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

Mostra Competitiva

Foto do filme Adão, Eva e o Fruto Proibido

Ainda é possível assistir aos curtas e longas que estrearam na noite anterior: Filhos da Periferia e Chão de Fábrica ficam disponíveis até às 22h30, e o longa Lavra segue em cartaz até às 23h30 na InnSaei.TV. Hoje às 22h30 estreiam os curtas Adão, Eva e o Fruto Proibido, um reencontro de uma mulher trans e seu filho adolescente, separados após o nascimento, e Deus Me Livre, um relato da dura realidade dos coveiros no cemitério que mais enterrou vítimas de Covid-19 no Brasil (Vila Formosa, São Paulo, o maior da América Latina). Às 23h30, o Canal Brasil exibe Acaso, longa de estreia de Luis Jungmann Girafa: uma proposta on the road pela via W3 Sul de Brasília, na visão do diretor. Logo após, à 01h30, a InnSaei.TV estreia o longa, restando disponível até às 23h30 de sexta.

Ruy Guerra 90 anos

Ruy Guerra

Falar de Ruy Guerra não é fácil. Mais difícil ainda sendo este tão importante pra história do Festival de Brasília. Moçambicano, estudou cinema em Paris, fez do Brasil sua casa e celebrou 90 anos em agosto de 2021. Convidado ilustre de Brasília, este artista completo reflete sobre seu quase-século de contribuições ao cinema e à vida brasileira na masterclass Um Artista Completo, apresentada nesta quinta às 19h. Assista!

Mostra Brasília

Foto do filme Cavalo Marinho

A première da Mostra Brasília hoje repete a dose da seleção nacional e também exibe o longa Acaso a partir das 20h. No mesmo horário, estreiam Filhos da Periferia – também concorrente na mostra competitiva nacional – curta de Arthur Gonzaga que narra uma história de amizade e violência em contexto periférico; e Cavalo Marinho, documentário do brasiliense Gustavo Serrate realizado no litoral capixaba, retrata um grupo de jovens amigos unidos pelo cuidado e amor ao treinar cavalos para as rotinas diárias. Seguem em cartaz as mostras Sessentinha, Filhos da Periferia e Festivalzinho.

Pesquisa

Queremos saber o que você tá achando desta edição virtual do Festival de Brasília. Responda à pesquisa de satisfação e concorra no sorteio de 30 catálogos do festival. Item disputado todos os anos, o catálogo impresso é um livro que carrega a memória de cada edição do evento, e serão enviados para a casa dos vencedores do sorteio (caso o endereço seja em território brasileiro). Participe!

Seminários do dia

Graciela Guarani

No centenário do documentarista francês Chris Marker (1921-2012), o Festival de Brasília promove atividade em sua homenagem hoje às 10h, convidando o veterano crítico de cinema francês Robert Grelier para uma conversa com Sílvio Tendler, um dos curadores do festival (assista!). Às 14h, o seminário Cinema na primeira pessoa: quebradas, indígenas e quilombolas reúne Divino Tserewahú, Graciela Guarani, Sol Bueno, Eduardo e Marcos Carvalho para uma conversa mediada por Fauston Silva (assista!). Às 16h30, a pauta são os mercados de games, VR e outras realidades. O papo é mediado por Eliana Russi e tem Ana Arruda, Ana Ribeiro e Liana Brazil (SuperUber) como convidadas (assista!). 

Debates

Tradicionalmente o Festival de Brasília programa acalorados debates matinais sobre filmes exibidos nas noites anteriores. Hoje às 10h começamos a maratona com presença de equipes dos filmes Alice dos Anjos, Ocupagem e Terra Nova, sob a mediação da jornalista Ana Rodrigues (assista!). Às 17h é a vez de iniciarmos os debates sobre os filmes da Mostra Brasília. Hoje é dia das equipes de O Mestre da Cena, Tempo de Derruba e Tinhosa, debaterem com a pesquisadora das áreas de arquitetura e cinema Liz da Costa Sandoval (assista!). 

Conheça a programação de masterclasses, debates, ambiente de mercado, seminários e painéis setoriais do Festival de Brasília

Além dos filmes, o Festival de Brasília programa masterclasses, seminários e painéis setoriais, atividades voltadas ao mercado, oficinas e os clássicos e acalorados debates, todos realizados na plataforma Zoom sem inscrição prévia (com exceção das oficinas).

As masterclasses gratuitas contam com as presenças ilustres de Ruy Guerra (foto acima), Helena Solberg, Amos Gitai e Costa-Gavras. As atividades de mercado, debatem cinema industrial, games, realidade virtual, circuitos de festivais e as perspectivas do audiovisual para um futuro próximo. Entre os convidados estão Christiane Jatahy, Daniela Thomas, Viviane Ferreira (foto abaixo), Eliane Russi, Pedro Butcher, Maya Da-Rin e Ilda Santiago, responsável pela articulação destas atividades. 

Nos seminários e painéis setoriais, serão debatidas narrativas femininas, periféricas, indígenas e quilombolas, o futuro dos cineclubes, hibridismos no cinema, cinema e educação. Entre outros temas, celebra-se também o centenário do cineasta francês Chris Marker. Fernando Gabeira (foto abaixo), Cibele Amaral, Robert Grelier, Susanna Lira, Vladimir Carvalho e  Paula Saldanha são alguns dos confirmados.

Nos debates, além da oportunidade de reflexão sobre todos os filmes exibidos, realiza-se outra homenagem, agora ao documentarista chinês naturalizado britânico Adrian Cowell. E nas oficinas, com inscrições encerradas em 21 de novembro, os inscritos participam de atividades ferramentais sobre produção colaborativa, games, animação, roteiro, finalização e produção de web-documentários. Entre os convidados estão Kevin MacDonald, Liana Brazil, Cavi Borges, Felipe F. Costa, Adriana Mota e Fabiano, o Silva.

O Festival de Brasília do Cinema Brasileiro é realizado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF em parceria com a Associação Amigos do Futuro e apoio do Canal Brasil, InnSaei.TV, Naymovie e CiaRio. 

NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail em nossa newsletter e fique por dentro das novidades do Festival.